Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em terra de cego quem tem um olho é Rei.


Foi uma viagem. . .
Tava comendo água
 desde 09:00 da manhã, numa sexta feira.
Por volta de 01:00 da madrugada do sábado,
 procuramos algum lugar aberto para comprar algo para comer. Quem disse, nada de nada. Rodamos tudo e fomos parar na frente do bairro,local por onde passam os ônibus do transporte coletivo. Quando lembrei-me que estava no ponto, local onde muitos trabalhadores esfomiados amanhecem para buscar o pão de cada dia, lembrei que por uma sonolência matinal, descuidados deixassem cair algo no chão, ou se nenhum cachorro já estivesse eliminado o jantar, poderia ter algo pra comer. Foi quando avistei uma maçâ corroida feito as de Tico e Teco, e um waffer cheio de formiga e embeibido numa cobertura de sereno, não exitei. Mostrei aos meus amigos e não deu tempo de tirar nem as formigas.Depois de crises de risos e com a barriga milimetricamente menos cheias, fomos em busca de novos nutrientes e álcool para fechar a noite. . .
Manoel Alfredo de Jesus Junior
Enviado por Manoel Alfredo de Jesus Junior em 13/07/2006
Código do texto: T193410
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Alfredo de Jesus Junior
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 36 anos
14 textos (854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:02)
Manoel Alfredo de Jesus Junior