Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia de surra?

Ezebaldo era um gari que não costumava faltar em seu trabalho. Mas certo dia, algo tenebroso aconteceu: Ezebaldo ficou doente e não pode trabalhar. Nesse dia ficou em casa e só pensava no trabalho. De repente alguém bateu na porta e ele abriu. Então três homens de mais ou menos dois metros de altura empurraram Ezebaldo no chão e começaram a espancá-lo. Os homens eram mandados pelo prefeito para fazer aquilo com Baldo, só porque ele não foi trabalhar nesse dia. Depois dos homens irem embora, ele foi à delegacia dar queixa. Após dizer tudo os policiais deram risada e começaram a espancar Ezebaldo também. Ele pensou que não podia mas denunciar ninguém a ninguém. Ele então voltou pra casa e começou chorar. Já era noite, e faltou luz em sua casa. De repente, no meio da escuridão, ele começou a ser enpancado por umas sete pessoas e não sabia quem eram. Depois de estar consciente novamente, Ezebaldo uniu suas forças e foi ao hospital. Chegando lá, enfermeiras, médicos, faxineiros e secretárias começaram a espancá-lo também. Depois de voltar ao estado consciente novamente, ele percebeu que estava no meio da rua, jogado ao chão. Ao se levantar um grupo de cães passou por Ezebaldo e começaram a espancá-lo também. Depois vieram passarinhos, gatos, cavalos, elefantes, rinocerontes. Ezebaldo então, depois de quatorze horas desmaiado, voltou à sua casa e se deitou. João então desligou a TV e disse para seus amigos:

- Esse filme é muito ruim, vamos para a praia!


FIM
Benilo Berzerk
Enviado por Benilo Berzerk em 06/08/2006
Código do texto: T210360
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Benilo Berzerk
Salvador - Bahia - Brasil, 30 anos
5 textos (197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:42)
Benilo Berzerk