Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA SEREIA



Serei
A tua paixão,
Sereia…
Nem que, para isso,
Tenha de perder
O Paraíso
Dizendo: Não!

Quem perde
Um amor
Perde tudo,
Ganhando, contudo,
A dor!...

Espero e quero
Que sejas minha
Nem que seja preciso
Cantar uma ladainha
Lançando um feitiço
Pois há
Quem já
Tenha feito isso!...

Por ti, minha sereia,
Serei capaz
De mover montanhas
E correr a ponte a pé
E, embora me julguem
Um incapaz
Cheio de patranhas
E frágil fé,
Farei das tripas coração,
Até que divulguem
A minha coroação
Como rei
Da nossa imensa Nação
Pequena,
Sereia morena!

Valeu?...
Bem me parecia,
Que não!...
Eu era já
Homem de pouca fé…
O melhor é, esperar de pé
Bebendo um chá,
Sentado!...

****************************************

  NOTA: Este não é um poema de amor, e sim, de humor. Digo isto porque não são agradáveis ao ouvido e à nossa sensibilidade poética, cacofonias em temas mais sérios.   Confesso que um dos meus encantos são os jogos de palavras, por isso não julguem fruto do acaso, a coincidência de sons entre sereia/serei a; feitiço/feito isso; Paraíso/para isso; como rei/comerei(a pequena sereia...), nem estranhem se encontrarem as palavras CAFÉ e PONTAPÉ, mesmo sem elas lá estarem...rsss.
 
Um abraçooo do

Adolfo Dias

HENRICABILIO
Enviado por HENRICABILIO em 08/08/2006
Reeditado em 30/06/2008
Código do texto: T211675
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HENRICABILIO
Caldas Da Rainha - Leiria - Portugal, 55 anos
573 textos (246118 leituras)
20 áudios (22296 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:48)
HENRICABILIO