Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

às três pancadas (3)

Estava o Bocage de cima duma árvore a fazer merda, dão-lhe ordem de prisão: - Está preso!, grita o guarda Américo. - Já vou, responde o Bocage, e começa a apertar as calças. Faz-se um Silêncio, até que o Bocage acaba por saltar para o chão e, também ele, o guarda Américo já fizera, faz continência "às três pancadas" ao chefe Belarmino, depois ao guarda Américo.

{Amanhã saberemos em que deu a história, quando a D. Mariquinhas for acordada pelas lambidelas do seu Bocage, uma sensível cadelinha (em vez "do seu", leia-se da sua...).}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 29/08/2006
Código do texto: T228303
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310485 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:04)
Francisco Coimbra