Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O GÊNIO DA LATINHA

Encontrei aquele vendedor desesperado, descabelado a lamentar-se contra o mundo. Comovido com a situação daquela triste figura perguntei-lhe o que havia acontecido.

Então me contou da desgraçada falta de sorte que se abatia sobre ele:

- Acredita o senhor que já venho a tempos tentando abrir pedidos em meus clientes e não tenho sucesso, já visitei pra mais de cem e nada! Maldição!

 Agora, veja só o que me aconteceu, resolvi jogar fora meu talão de pedidos e com a raiva toda que sentia atirei com violência o dito cujo ao chão.

 O danado do talão bateu numa latinha e caiu no bueiro, da latinha começou a sair uma fumaceira danada, dela saiu na minha frente um gênio que disse que minha vida ia mudar, e então me concedeu 03 pedidos!

Logo três de uma vez! Que desgraça! Eu não tinha mais meu talão!
Paulo de Tarso
Enviado por Paulo de Tarso em 02/09/2006
Código do texto: T230974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
94 textos (11225 leituras)
3 áudios (1048 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:19)
Paulo de Tarso