Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
“Uma Pequena dose de Destruição”




Uma pequena dose de destruição nunca fez mal a ninguém
muito pelo contrario, isso até me faz bem!
Quando eu vou atacar sempre tem um otário pra me barrar
E eu já estou ficando cheio disso tudo
Saiam de perto quando o texano aqui se irritar de vez
Porque eu me irrito!
Porque eu me irrito!

Pelo menos uma vez por ano ocultamente nos adoramos fazer nossas conspirações!
E o pior é que o mundo todo acredita nas inúmeras burradas que fazemos
e ainda saímos como vencedores!
Na ONU só tem babacas e eu quero mais que eles se explodam!
Quero que todos os fedorentos da Palestina vão pro saco de uma vez por todas!

Não sei porque mas ainda o mundo não reconheceu o meu potencial
Dizem que sou burro mas sei que isso é uma grande mentira!
Talvez eu ainda prove o quanto estão errados
se a minha capacidade cerebral permitir que eu assim o faça!
Isso vai me irritando!
Isso vai me irritando!
Isso vai me irritando!
Isso vai me irritando!

Quero que os boiolas da França desmunhequem de vez!
Que os peidões da Alemanha sujem suas calças!
CABRUM pra todo o Mundo!
CABRUM pra todo o Mundo!
CABRUM pra todo o Mundo!
CABRUM pra todo o Mundo!
CABRUM pra todo o Mundo!
CABRUM pra todo o Mundo
E que o orelhudo do Tony Blair não pense em escapar porque ele também vai entrar nessa uma hora ou outra!

Tô afim de destruir o mundo na hora em que eu bem quiser!
É só apertar o famoso botão vermelho que vai ser ogiva pra tudo quando é lado!
Osama também não vai escapar da minha!
Porque eu vou lá passar um pente fino nele e quem sabe role uma graninha...
E eu ainda vou sair como Santo dessa estória
Porque todo mundo sempre cai na nossa!
Cai na nossa!
Cai na nossa!
Cai na nossa!

Se as coisas não saírem do jeito que eu quero
eu torço as orelhas inglesas e mando a velha Elisabeth também para o saco!
E eu estou muito nervoso!
Muito nervoso!
Muito nervoso!
Muito nervoso!
Muito nervoso!
Muito nervoso!
Se preparem sub-desenvolvidos
porque iremos atacar vocês também quando menos esperarem!

Eu ainda vou dominar o mundo e sei que sou capaz para tal
A minha prodigiosa inteligência me permite fazer isso
Todos se renderão a mim republicanos e democratas
E nunca mais me chamarão de burro!
Embora isso pareça ser meio impossível de acontecer ate agora nesse momento de hoje...
É bem como eu penso
Como eu penso
Se eu penso
Se eu penso!









Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 20/09/2006
Código do texto: T244571
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70525 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:16)
Rônaldy Lemos