CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

O Namoro da Lagarta e do Girino

Uma lagarta e um girino se encontraram a beira de um riacho. Foi amor à primeira vista. Daquele momento em diante não se largaram mais. Era um namoro tão intenso que incomodava os demais habitantes do lugar.
Porém, como é do ciclo da Natureza, chegou o dia em que a lagarta se fecharia em seu casulo. Antes de se fechar completamente no casulo a lagarta trocou juras de amor com o girino prometendo que ao sair dali eles casariam.
Passado algum tempo o casulo abriu e a lagarta surgiu, colorida e maravilhosa, transformada em borboleta. Ao encontrar o girino viu que ele havia se transformado em um sapo gordo e cheio de rugas que nem um velho. Ao vê-lo assim, disse:
-Eu não vou mais casar com você. Eu estou linda e maravilhosa e você gordo e cheio de rugas.
Dito isto, bateu as asas e começou a voar. Entretanto seu voo foi interrompido pela língua do sapo que a prendeu e a comeu.

Moral da História:

Você pode ser um velho gordo e cheio de rugas que nem um sapo, mas sempre vai comer alguém....
Dominio Publico
Enviado por Luiz Souza em 28/09/2013
Reeditado em 28/09/2013
Código do texto: T4501948
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Luiz Souza
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
1179 textos (54759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 01:17)