Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solteirona


 Solteirona

 REGINA MARIA ACORDAVA TODO DIA

  PRÁ REZAR PRO SANTO ANTONIO

  CARENTE, COROA, TRISTONHA

  ELA NÃO ERA MUITO FEIA,

  ERA, ISSO ERA, MEDONHA.

  MARIDO NENHUM LHE APARECIA.

  DEPOIS DE ANOS REZADOS

  EIS QUE CHEGA O LUIZÃO,

  MOÇO POSUDO, QUE IRONIA

  CONQUISTOU SEU CORAÇÃO.

  DEU-SE LOGO O CASÓRIO

  COM PADRE,TESTEMUNHAS E SACRISTÃO

  LUA DE MEL NÃO TEVE NÃO,

  O MARIDO RECENTE

  SUMIU REPENTINAMENTE

  COM A CUNHADA, A BETINA

  IRMÃ FALSA E CRETINA

  PRÁ QUE LADO NINGUÉM VIU.

  REGINA MARIA POR SUA VEZ

  NÃO TEVE O QUE FAZER

  NÃO FEZ.

  FOI REZAR PRO SANTO ANTONIO

  OUTRA VEZ.

 

Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 08/11/2005
Reeditado em 03/09/2008
Código do texto: T68959
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7706 textos (1651479 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:14)
Maurélio Machado