Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Profissão Perigo

Havia na cidade de Palmital,
Um xerife chamado Dorival.
Como fazia maracutais e adversidade,
Foi exonerado pelo Prefeito da cidade.

Dorival partiu de madrugada,
Levou a estrela e a espingarda.
Na cadeia, ficou o Roque e o fogaça,
Ambos detidos por cachaça.

No seu lugar, colocaram o Cabo Romita,
De bigodinho, magro e metido a artista.
Sujeito atrevido e também metido a bravo,
Sem arma e sem estrela, queria ser soldado.

Com a mão no bolso, andava pela cidade,
Rapaz criado no sítio e cheio de vaidade.
Não tirava a farda amarela e a bota carrapeta,
Terça e Quinta , namorava a Antonieta.

Um dia numa festa de São João,
Levou uns trancos do Padre Bastião.
Na briga levou um grande cacete,
E lhe roubaram a farda e o cassetete.

Hoje, quietinho e sem respeito,
Anda da cadeia a sala do Prefeito,
Com a mão no bolso, vai o soldadinho,
Pra lá e pra cá , como um cachorrinho.
Bossi
Enviado por Bossi em 26/11/2007
Código do texto: T753707
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bossi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 67 anos
100 textos (9805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:57)
Bossi