Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O JOÃO-CARÉ

Eu não gosto de falar somente jacaré
Acho que já é um bicho tão feioso
Podia pelo menos no nome melhorar...
Eu o chamo João-caré, para meus ouvidos agradar!

Mas ele é um bicho esperto
E saí do ovo prontinho...
A mamãe só os engole
Para levá-los para água, que é o seu ninho...

Lá eles estão protegidos
Das aves predadoras...
São pequenos, mas não frágeis...
Logo se põe a nadar e caçar.

E como comem esses bichinhos
Os sapos que não dêem mole!
Com sua fome e bocarra
Logo os sapos engolem!

Eles não gostam de sol forte
Que resseca a sua pele,
Apesar de na manhã
Do sol se aprazeirar
Mas são ativos à noite
E saem todos a caçar!

O João-caré é bicho antigo
Sabe o planeta aproveitar...
Cabe a nós, seres humanos
Não deixar o João-caré acabar!


Santo André, 05.05.03 - 17:45 h
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 24/05/2006
Reeditado em 11/01/2008
Código do texto: T162054

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:21)
Enloucrescida