Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                O Passarinho


       Ninguém deseja viver na prisão e não é justo prender nenhuma criatura de Deus. Mas quando eu era criança costumávamos ter um passarinho na gaiola para cuidar dele e ouvir o se canto.

        Alguns criavam Cabeça vermelha, outros, canário, juriti ou rolinha; o que lhe despertasse mais a atenção e afeição. 

       A gaiola era bem cuidada. Todos os dias , lavava-se as vasilhas e trocava-se a água, o alpiste era reposto e o passarinho se acostumava tanto com aquela vidinha que não ia mais embora. Mesmo quando esquecíamos a porta da gaiola aberta, ele saia, dava umas voltas e vinha para seu lar querido.

        Quando era um casal, eles punham seus ovos no ninheiro e ali nasciam os filhotes.

       Era muito gostoso ouvir o canto dos passarinhos, bem cedinho.
Havia canários tão cantadores que encantavam as pessoas a ponto de ter um valor financeiro alto.
   
       Hoje, infelizmente muitas espécies estão em extinção por falta de amor do homem à natureza.

        É preciso cuidar da flora para haja a fauna e tenhamos a sinfonia do canto dos pássaros cantores.

        O ser humano é responsável pela destruição da natureza que Deus a ele confiou.



Com som em:
http://www.marineusantana.recantodasletras.com.br/
visualizar.php?idt=186724


marineusa
Enviado por marineusa em 03/07/2006
Reeditado em 07/06/2007
Código do texto: T186724

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (marineusantana@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marineusa
Brejo Santo - Ceará - Brasil, 71 anos
1726 textos (322771 leituras)
39 áudios (29264 audições)
18 e-livros (9104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:46)
marineusa