Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

minha floresta encantada parte 1

eu dormia em minha na seguranca de meu quarto e acordei com um  barulho horrivel
 socorroooooooooooo
um dinossauro esta se aproximando
e enorme me ajudem
nao
e uma lagartixa gigante espera
eu nao estou em meu quarto
que lugar e esse
socorro
grito e uma floresta
estou correndo ai
tropecei a lagartixa  gigante asta vindo
seu rabo e enorme parece um chicote
me levanto correndo
mas
ei espera chegou outro animal ele me olha
a lagartixa voa em cima dele
nossa uma luta de titas
mas que bicho e aquele
olho para a mata na floresta vou correr pra la
estou fugindo
um grande grito
eu me viro o bicho parece ter vencido a lagartixa
mas e um mosquito gigante ele voou
pra onde foi
cade
procuro no seu mas ele sumiu muito rapido
a lagartixa mesmo ferida se levanta
se vira para o lado onde estou
me escondo atras de uma arvore e muito mato
derrepente um barulho
nossa e o mosquito esta sobrevoando o local onde eu estava entro em meio uma toceira de mato
ate minha respiracao eu seguro
ele parece um cachorro
cheira olha procura tira um pequeno ferro negro
parece ate uma faca
acho que deve ser sua lingua ou dente
pega algo no cha com o ferrao e voa
uufaaaa
saio com muito cuidado do meio da montanha de mato
mas que lugar e esse como vim parar aqui
pra onde vou
vou para a floresta parece mais seguro
sera
nao sei mas eu me pergunto tenho escolha
entao entro para dentro da mata e la me surpreendo a cada passo
logo passar a terceira arvore mata a dentro vejo um sapo com roupa ele esta com uma pata de seu lado os dois estao de maos dadas meu queixo cai
ou quase pois o bicho se vira pra mim e diz
o que esta olhando gata eu ja tenho dono
sua namorada uma patinha amarela com mechas sobre a cabeca de cor vermelha e cor laranja
ela ainda nao tinha me visto
ei voce esta dando em cima de meu sapinho lindo
o que eu vou responder
nao sabia como agir entao sorri
e pedi desculpas a patinha ciumenta
so disse
foi mal
o patinho todo cheio de si puxa a sua companheira e a convence de ir embora
eu ate os observi por um momento se distanciar e ouvi uma voz
nao esquenta menina ele esta todo cheio de si desde que comecou a namorar com essa sirigaita apatica
me virei imediatamente para todos os lados
mas nao achei
 de onde vinha aquela voz
quem era
aqui menina aqui em cima
olhei mais do que rapido para cima em num dos galho da grande arvore estava um menino
um menino
disse em voz de que esta va surpreso
claro disse ele
porque nunca viu um menino
me perguntou ele
respondi nao igual a voce
ele era.........

historia escrita po meu pai nandinho fernandes
do recanto das letras assinado por
thalia 8 anos  COMENTE
thalia
Enviado por thalia em 05/10/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T257234
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
thalia
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 18 anos
10 textos (1909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:39)
thalia