Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abah

Abah
Faz um tempo nasceu um menino num lugar longínquo, onde mesmo o tempo não levaria seu encantamento, pelo menos era nisso que acreditavam seus habitantes. O lugar tinha o pasto muito verde e árvores muito altas, nas quais o menino subia com seus amigos para brincar; se faziam de macacos, imitavam os passarinhos e observavam com grande interesse os insetos.
Sua mãe o amava muito, seu pai também, mas ele não o conhecia. Pouco antes dele nascer seu pai, que era pescador, saiu para o mar  e quando já estava muito longe da costa uma onda o levou. A mãe, ao contrario do que costuma acontecer, o esperava com tanta vontade que sua esperança crescia com o tempo. Assim que... quando seu filho nasceu o chamou Abah, que é esperança na língua de seu povo.
O pai de Abah não era só um pescador, era também o chefe do povoado, depois que desapareceu aquele lugar  ficou muito vulnerável aos Berbeles, um povo nômade, os homens eram feios e se pareciam com os animais  mais feios da floresta, as mulheres eram como bruxas. Estes tomaram o povoado de Abah. Foram tempos muito difíceis.
No entanto Abah era a esperança, e não se acabou, até que se fez adulto, buscou seu pai que vivia com as sereias e, junto, libertaram seu povo.
Zyanya
Enviado por Zyanya em 10/10/2006
Reeditado em 22/05/2008
Código do texto: T261265

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ziania - Julia Querol). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zyanya
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
32 textos (2285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:52)
Zyanya