Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ana na Terra da Diversão: a feiticeira Magda

-Muito bem, Senhor Gildo, vejo que sua neta ainda não me conhece...há há há ha
-O que faz aqui, sua bruxa! Não deveria sair de onde veio!
-Oras oras, esqueceu que hoje é dia de luar? Achou mesmo que eu não viria acabar com a profecia: a de que uma menina com luz apareceria na Terra da Diversão?
O avô, sem saber como agir, abraçou Ana e no minuto seguinte gritou:
-Corra Ana, fuja para bem longe, corra o máximo que puder!
-Mas vô...e você?
-Não se importe comigo...fuja!
A menina começou a correr, sem olhar para trás.
Frente a frente, a feiticeira e o velho se encaravam:
-Você é um tolo! Sabe muito bem que por mais que ela corra, eu a alcançarei e a destruirei!
-Não deixarei que se aproxime de minha neta!
-Ah é? Veremos!
Gildo tentou pegar a vara mágica que dava poderes a feiticeira, mas na tentativa, a feiticeira gritou:
-De homem a pó, te transformo agora em pedra!
E Gildo ficou imóvel, com o seu corpo sendo coberto por uma camada fina de terra a princípio e no instante seguinte, se transformou em pedra.
-Há há há há...Você agora não poderá me impedir!
E a feiticeira desapareceu na névoa branca que se fez em sua volta.
Ana corria, desesperada, sem nada entender, com muito medo! Não conseguia enxergar direito o caminho a sua frente e em um descuido, caiu no chão, machucando os joelhos.
-Garotinha idiota, acha mesmo que pode fugir de mim?
Ana olhou para cima, e lá estava a feiticeira , mais assustadora do que da primeira vez.Com os olhos mais vermelhos do que já podiam ser!
-Onde está meu avô? O que fez com ele?
-Oh, queridinha, nesse momento ele já se transformou em pedra e você será a próxima!
-Não! Gritou Ana de pavor, abaixando a cabeça

Roberta Costa
Enviado por Roberta Costa em 28/10/2006
Código do texto: T276008

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roberta Costa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
33 textos (15303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:55)
Roberta Costa