Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

João e seu novo amigo

João não dormia havia duas noites. Não parava de pensar no dia em que seu avô iria chegar. Não conseguia esquecer da promessa que o mesmo havia feito. Três bolas, tês dias. Usariam toda a energia que pudessem usar e só voltariam pra casa após anoitecer.  A ansiedade era tanta que João nem comia, não dormia, só olhava para a porta a espera de uma surpresa. Talvez seu avô chegasse mais cedo esse ano. Talvez o surpreendesse. Mas nada. E quando chegou o tão esperado dia, a mesma decepção dos outros tantos invadiu seu coração. Nem um ruído na porta, nem uma batida que trouxesse alívio para ele. E então João subiu as escadas triste, triste e cansado de acreditar nas pessoas a sua volta.
 Semanas se passaram e João continuava cabisbaixo, não conseguia acreditar que tinha sido tão tolo em criar tantas expectativas e depositar tantas esperanças em uma promessa só. E então algo de estranho aconteceu. João enxergou uma bolinha sendo lançada em sua direção, e antes que pudesse perguntar o que havia acontecido, foi atropelado por um ser não identificado, pequeno e peludo que se bateu em suas pernas. Logo em seguida viu seu avô que o abraçou e explicou que tinha se atrasado pois no meio da estrada tinha visto um filhote de cachorro sozinho e abandonado, então decidiu o apanhar. Os olhos de João então se encheram de felicidade e foi como se cada coisa agora estivesse em seu devido lugar. Ele havia aprendido que não precisava questionar tudo o tempo todo, porque quando algo de ruim acontecia, algo de muito melhor poderia vim. Ele não tinha as 3 bolas, mas agora, tinha um amigo.
Eduaraujj
Enviado por Eduaraujj em 07/11/2017
Código do texto: T6164626
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduaraujj
Iaçu - Bahia - Brasil, 17 anos
7 textos (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 15:54)
Eduaraujj