Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A lenda do jardim encantado.

      Conta uma lenda, que num país muito distante daqui, tinha um castelo muito bonito, cercado por vários jardins, cada um era mais formoso do que o outro. Porém, havia um jardim que um dia fora o mais especial, o preferido da rainha. Agora, suas flores não floresciam mais, suas gramas já não são tão verdes como antes, as aves já não o visitam mais... Agora era um sombrio jardim.

        O rei, mandou vir jardineiros de todas as partes do mundo, mas nenhum deles conseguiam dar vida àquele sombrio e triste jardim.

        Certo dia, uma menina bateu à porta do castelo pedindo comida e pouso para aquela noite. Ela usava em seus ombros um enorme manto muito vermelho e dizia ser jardineira. Disse ainda que o perfume das rosas a tinha atraído até àquele castelo.

         O copeiro do castelo não acreditou na história da garota, porém a deixou que passasse a noite por ali. Um dos soldados sugeriu que ela fosse dormir no jardim sombrio e com muita zombaria o copeiro concordou.

          A menina ficou muito triste ao ver aquele jardim. Começou a passear entre os diversos canteiros e cada roseira  que ela encontrava, acariciava-as com muito amor. Sua tristeza era tanta, que gotas de lágrimas brotavam de seus olhos, como se fossem gotas de chuva e regava que todo  o jardim. Com seus dedos de vida, ela tocava de leve as amuadas roseiras...

           Ao amanhecer, borboletas coloridas, abelhas de todos os tipos, pássaros e os beija-flores disputavam o encontro com as rosas.

          O copeiro, ao chegar no jardim ,ficou perplexo ao ver aquela transformação. Se apressou em ir aos aposentos reais para narrar o fato. Ninguém, naquelas provincias jamais tinham visto um jardim tão belo como aquele se tornara, tão simplesmente encantado!

          Todos procuravam a menina jardineira, mas ela havia desaparecido. Porém, a única coisa encontrada no jardim, foi o manto vermelho que a menina trazia em seus ombros, que aos olhos admirados de todos, se transformou em um enorme canteiro de belas e formosas rosas de cor escarlate.

            Ninguém jamais viu ou ouviu falar do paradeiro daquela misteriosa menina jardineira.
oasis
Enviado por oasis em 27/08/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T626655

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
oasis
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
77 textos (32006 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:43)
oasis