Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

KELLY

A MÃE DE KELLY PRECISOU SAIR E DEIXOU-A COMIGO. MAS RECOMENDOU-ME QUE SE ELA ENCHESSE AS FRALDAS, EU PODERIA DAR-LHE UMAS PALMADAS....
HUM! NÃO É QUE SENTI AQUELE CHEIRINHO DESAGRADÁVEL?
ENTÃO DEI-LHE UM BANHO, TROQUEI-LHE A ROUPA E CARINHOSAMENTE DEI-LHE UMAS PALMADINHAS...
ENTÃO, ELA ENGOLIU O CHORO E DISSE: - TAMBÉM, TAMBÉM, QUANDO EU CRESCER E VOCÊ FICAR PEQUENININHA VOU BATER NA TUA BUNDA!!!
MARIA NEIDE
Enviado por MARIA NEIDE em 10/09/2007
Código do texto: T646262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIA NEIDE
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
46 textos (1422 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 15:19)
MARIA NEIDE