Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"MENINO"

   Nem bem começa o dia e o menino já começa com as suas traquinagens.Mexe daqui, puxa dali, inventa, atenta, rasga, cola, pluga, despluga, ele é hiperativo, não pára pra desespero de sua mãe.
   _Meu filho, que barulho foi esse?
   _Né nada não mãe!
   _Ah!Deixa eu ver...
   _Menino, não faça isso!Menino,não mexa no computador.Menino, você ainda me mata!
   _Ô mãe!Me deixe viver, não me reprima tanto!
   _Vá fazer a lição de casa meu filho.
   _Droga, por que não me manda jogar futebol, ou andar de skate na rua.
   _Já escovou os dentes menino?
   _Não!
   _E o cabelo, já penteou?
   _Não precisa mãe, ele é muito curtinho.
   _Vá calçar os chinelos, não fique descalço menino.
   _Se calçar os chinelos eu posso brincar de pipa?
   _Não!Vá estudar, já passou da hora meu filho.
   _Estudar eu não vou!Ai...tá bom, não precisa puxar minha orelha.
   _Mamãe, a senhora gosta de mim?
   _Claro meu filho, a mamãe ama você.
   _Mamãe, a vovó puxava suas orelhas quando era pequena?
   _Não!Eu era uma filha obediente.
   _Então porque elas são tão grandes?
   _Ai mãe!E agora, porque puxou minha outra orelha?
   _Pra não dizer besteira menino.
   _Mãe, se a senhora arrancar uma orelha nasce outra?
   _Não!Mas a mamãe não vai arrancar, agora vai estudar!
   _Depois eu posso andar de bicicleta?
   _Pode, mas só um pouquinho.
   _Pronto mãe, já terminei!
   _Muito bem, agora pode ir, mas ande devagar meu filho, cuidado com os carros.
   O menino chega mancando e arrastando a perna, e uma mão segurava o joelho.
   A mãe pergunta assustada:
   _Meu filho, o que aconteceu?
   _Eu caí da bicicleta mãe.
   _Eu disse pra você não correr, agora tome outro puxão de orelha!
   _Ai mãe!Mas eu caí quando ia montar na bicicleta.
   _Ô coitadinho, por favor, desculpa a mamãe.
   _Não, só se a senhora me fizer um favor.
   _Tudo bem, pode pedir que eu farei meu anjo.
   E o menino muito esperto disse:
   _Corte suas unhas mamãe!
   
   
Belchior Contins
Enviado por Belchior Contins em 26/11/2005
Código do texto: T76851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Belchior Contins
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
46 textos (3955 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:13)
Belchior Contins