Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MISTERIOSO PASSADO DO DOUTOR CARLOS

Tudo começou quando em uma manha de outono um homem apareceu boiando nas águas de uma ilha chamada Salth.
Os habitantes dali então o pegaram e o levaram para um hospital dali.
Depois de ser tratado o homem acordou e viu que estava em uma ilha, porem ele não se lembrava de nada nem do que havia acontecido e como havia ido parar ali.
Ele não se lembrava de nada a não ser que se chamava Carlos, como  tempo ele foi se adaptando aquela ilha e aquela vida logo as pessoas dali o aceitaram como sendo um deles.
Carlos tinha um ótimo desempenho em medicina e logo com seus talentos ele se tornou o doutor Carlos.
Ele cuidava muito bem de todos dali e retribuía o favor que lhe fizeram ao salvar sua vida.
Ele sempre teve curiosidade em saber de onde havia vindo e por que não se lembra de nada.
Teria sido ele algum medico e algo aconteceu para ele ir parar ali? Mas o que teria acontecido?
Ele se fazia estas perguntas sem saber as respostas certas.
Porem algo começou a acontecer ali uma noite.
Noite de lua cheia ele saiu do hospital para ir para sua casa, foi quando ele viu a lua e algo começou a acontecer, ele começou a se transformar em alguma espécie de monstro que saiu aterrorizando toda a ilha, ninguém sabia que ele era o monstro.
Todos saíram correndo dali e foram se esconder em suas casas, ninguém sabia o que era aquilo pois estava escuro e ninguém via nada, apenas um monstro peludo, logo este saiu correndo para longe dali e não voltou mais.
E foi assim toda noite de lua cheia Carlos aparecia e se tornava esse monstro e ninguém sabia quem era e nem  de onde vinha, foi quando começaram a suspeitar que ele sempre aparecia na lua cheia e que ele só começou a aparecer depois que Carlos apareceu na ilha.
Logo começaram a se perguntar quem poderia ser o doutor Carlos.
Foi em uma dessas noites que um grupo de homens da ilha resolveu enfrentar o monstro e ver quem ele era realmente, fizeram uma armadilha e foram capturar o monstro.
Logo este apareceu ali e todos ficaram observando, ele começou a andar por ali e foi quando caiu na armadilha que fizeram para ele.
Todos comemoraram e foram ver o monstro, no buraco no chão estava aquele monstro caído, que parecia estar machucado.
Com alguns equipamentos improvisados eles pegaram o monstro e o tiraram daquele buraco, logo o prenderam e o levaram para uma casa dali onde eles o iriam examinar para ver quem era ele.
Foi quando viram que ali estavam todos os moradores da ilha menos o doutor Carlos, viram então que ele realmente era aquele monstro.
Fizeram então varias experiência com ele mas não conseguiram saber o que ele era ou por que virava aquele monstro.
Foi quando um velho sábio apareceu ali e começou a contar uma historia sobre um monstro que só aparecia nas noites de lua cheia,este que foi mordido por um lobo e começou a agir como um, toda noite de lua cheia creia pelos por todo corpo e vira um monstro igual a este.
Este chamava-se lobisomem.
Todos se assustaram com aquilo pois nunca ouviram falar de uma coisa assim, como era uma ilha eles não tinham conhecimento das coisas do mundo moderno das grandes cidades.
E assim passou a noite e na manha seguinte quando foram ver o monstro que deixaram amarrado ali naquele local eles viram que quem estava ali era o doutor Carlos.
Eles se espantaram com aquilo pois realmente nunca viram nada igual, o que poderiam fazer agora com um monstro na cidade?
Todos estavam apavorados, Carlos estava inconsciente por enquanto mas não por muito tempo e todos tinham medo de que ele acorde e lhes faça algum mal.
Foi quando um homem gritou:
__Vamos mata-lo antes que ele mate alguém.
Todos ficaram pensando no que fazer com ele, não tinham muitas opções não sabiam o que fazer.
Por enquanto resolveram deixa-lo preso ali até que decidam o que fazer com ele.
Foi quando chegou ali boiando em uma madeira um homem que disse que se chamava Augusto, Augusto parecia familiar mas ninguém da ilha sabiam com quem ele se parecia.
Foi quando ele começou a falar que esta procurando uma pessoa que desapareceu, seu irmão mais novo Carlos.
Todos então viram que ele era o irmão de Carlos e que ele poderia ter a resposta para o que aconteceu antes que eles chegassem naquela ilha.
Logo o atenderam pois estava com muita fome e com sede, após ser bem tratado ali ele resolveu contar tudo o que sabia.
Ele e seu irmão eram dois cientistas que adoravam medicina genética.
Eles faziam varias experiências que às vezes falhavam, uma delas foi misturar e re combinar  o DNA de vários animais ferozes para criar um ser perfeito.
Porem eles precisavam de uma cobaia e Carlos aplicou aquilo nele mesmo, virando assim um monstro terrível em toda noite de lua cheia igual um lobisomem.
Em um passeio cientifico eles estavam em um navio quando algo aconteceu e as formulas de Carlos explodiram e ele perdeu sua memória, eu então lhe disse que ele se chamava Carlos mas não pude dizer mais nada pois ele viu a lua cheia e virou um monstro terrível que destruiu todo o navio.
__Assim todos a bordo morreram menos eu e ele.
Contou Augusto.
E foi isso o que aconteceu, agora eles tinham que fazer um antídoto para que Carlos volte ao normal.
Logo tentaram fazer varias coisas porem não conseguiram pois naquela ilha não tinha muitos equipamentos.
Foi quando Augusto fez uma formula e deu para seu irmão beber, nisso ele recobrou sua consciência e ele pode voltar ao normal com sua memória de novo.
Então ele explicou tudo e todos descobriram por que houve aquela explosão no navio, viram que ele tentava fazer um antídoto para voltar ao normal e assim teve aquela explosão e ele perdeu sua memória.
Agora que tinha a memória de volta ele poderia fazer uma nova formula para que pare com aquela mutação.
Logo conseguiu fazer uma formula e ao toma-la viu que agora poderia andar tranqüilamente nas noites de lua cheia sem se preocupar em virar um monstro.
Todos comemoraram que tudo deu certo e os dois irmãos passaram a viver na ilha com os demais moradores dali, eles foram bem aceitos e vivem tranqüilos ali até hoje.

FIM
CAJU
Enviado por CAJU em 01/09/2006
Código do texto: T230608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAJU
Franco da Rocha - São Paulo - Brasil
5 textos (11709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:03)