Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Caso do Buraco (INÍCIO DO LIVRO)

(Para quem gosta de histórias de mistério infanto-juvenis, dou aqui uma 'palhinha' do meu novo livro, 'O Caso do Buraco', recém-lançado pela editora AGE. A quem gostar, o livro está à venda em livrarias de todo o Brasil, e no site da editora. A história, protagonizada por cinco garotos, começa assim...)

CAPÍTULO 1 - O BURACO

O buraco tinha o tamanho exato de um túmulo, pensou Rafael, com um arrepio.

Ele e os outros garotos estavam parados junto à borda, olhando admirados para aquela escavação que aparecera literalmente da noite para o dia às margens do rio.

– Quando a gente foi esteve aqui ontem à tardinha, para nadar, isso não estava aí – declarou Saulo, como se os outros não soubessem disso.

Sem dizer nada, Leandro e Alisson foram chegando mais perto, para ver melhor. Ao lado do buraco, um monte de terra recém-revirada. O retângulo no chão era perfeito, parecia ter sido desenhado com uma régua e depois recortado com tesoura – com o detalhe de que media cerca de um metro por pouco mais de um metro e setenta. De profundidade, deveria ter um metro e meio.

Na verdade, não dava para ver o fundo direito. Parecia ter água dentro, embora não tivesse chovido naquela noite. Sabiam a profundidade aproximada porque Leandro, por sugestão de Rafael, enfiara uma vara lá dentro. Ela tocara o fundo, e, para alívio do grupo, não batera em nada que parecesse um cadáver.

– Por que alguém iria cavar um buraco desses? – questionou Andrezinho ao cabo de alguns minutos.

A pergunta foi suficiente para que todos começassem a falar ao mesmo tempo. Embora não tivessem avistado nada dentro dele, a ideia de que fora feito com o intuito de enterrar alguém ainda era a mais forte.

– Quem sabe aconteceu alguma coisa e tiveram de parar antes de terminar – opinou Alisson.

– Sim, mas e daí o que teriam feito com o corpo? – quis saber Leandro.

– Será que não está aí atrás das árvores? – sugeriu Saulo.

(continua numa livraria perto de você...)
Maristela Scheuer Deves
Enviado por Maristela Scheuer Deves em 19/11/2011
Código do texto: T3344127

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maristela Scheuer Deves
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
53 textos (9671 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/07/17 08:11)
Maristela Scheuer Deves