Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ternura....

Eu escrevi seu nome na água
Para desaparecer
Mas a água virou gelo
E eu não pude te esquecer

Corri louca atrás do vento
E pôs teu nome a tremer
Mas o vento ficou brando
E veio seu nome a me devolver.

Procurei uma gruta escura
Para teu nome esconder
Mas o eco lá dentro
Tornou-me a devolver

Depois de muito cansada
Deitei-me para morrer
Mas seu nome doce
Deu-me forças para viver.



Quando tinha 15 anos minha agenda sempre tinha esse poema. Não sei que escreveu mas todas as garotas da minha idade tinham ele nas agendas e diarios. Lembranças da minha adolescência....

Ilia Noronha
Enviado por Ilia Noronha em 24/09/2007
Reeditado em 07/10/2007
Código do texto: T666797

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ilia Noronha César Neta). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ilia Noronha
Manaus - Amazonas - Brasil, 34 anos
609 textos (49741 leituras)
7 e-livros (3259 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 06:21)
Ilia Noronha