Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A chave da porta 16,continuação.

__Ah, mas porque eu tenho que ajudar o Reino de Narak?_Ele se sentando na cama esperando a gata mulher responder sua pergunta.
__Há dez anos atrás o reino de Narak era tomado pelos exércitos de Grilis, eles tomavam conta do Mestre Mavereck um bruxo muito poderoso que morava nas montanhas de gelo, ele queria se apoderar de todos os poderes dos seres mágicos que viviam em Narak, para isso acontecer ele teria que pegar o livro de capa marrom.
__O livro que eu achei na biblioteca!_Interrompeu Bobby.
__Sim o livro do mundo de Narak ele esta com você?
__Não ele sumiu, não sei como. _Disse abaixando a cabeça.
__Mas como isso aconteceu? O livro não pode desaparecer. _replicou ela voando para o alto do guarda roupa.
__Não sei, eu tinha guardado no fundo falso do guarda roupa,quando fui pegar ele tinha desaparecido,mais o que tem neste livro de especial?
__Nele você encontra magias que só o escolhido pode usar, as palavras tem um grande poder que acabaria com o reino de Narak e as montanhas de gelo, só a pessoa certa que sabe usa-lo. _Explicou descendo do armário indo à direção a porta.
__Mas quando eu abri o livro, as paginas estavam em branco.
Antes que Cindy continua se a explicação do livro a mãe de Bobby bate na porta chamando por ele.
__Filho o jantar esta pronto. _Falou colocando uma das mãos sobre a porta esperando a resposta do filho.
__Sim mãe já estou descendo. _Respondeu olhando para a meia gata mulher com azas se debatendo.
__Você tem que se esconder Cindy rápido entre aqui na minha mochila. _Disse abrindo o zíper da mochila para a meia gata entrar.
__Vou me encolher será melhor assim, ficarei aqui quietinha até você chegar. _Terminou ela entrando na mochila como se fosse uma pequena ratinha.
Bobby fechara o zíper da mochila dando a ultima olhada nela e saiu do quarto descendo as escadas em direção a cozinha. Quando Bobby chega e ele se senta à cadeira vendo uma bela mesa com suco de goiaba, bolinhos de carne arroz e frango ao molho do jeito que ele gostava sua irmã Molly se aproxima dele mostrando um brinquedo novo que ela ganhara de sua mãe, ele todo carinhoso pega a irmã no colo e fica olhando para o brinquedo da menina.
__Hoje a senhora caprichou.
__Obrigada querido. _Disse ela com uma expressão feliz no rosto.
Bobby se servia do belíssimo jantar que sua mãe fez,quando ele ouve a campainha tocar,dona Meg se levanta da cadeira e vai até a sala atender a porta, quando ela abre quem aparece é Derek todo assustado.
__Derek entre tudo bem com você?
__Oi dona Meg Hide estou ótimo.
__E ai cara entre sente se aqui nesta cadeira. _Falou Bobby puxando a cadeira.
__Quer jantar Derek?_Serviu dona Meg tirando um prato do guarda louças de cores brancas com azul celeste.
__Não dona Meg Hide, eu já almocei muito obrigado. _Respondeu ele.
Passava das 9 da noite quando Bobby e Derek estavam conversando no quarto, Derek queria contar algo muito importante para o amigo que ele tinha visto na escola.
__Bobby eu queria te contar uma coisa que aconteceu comigo e até agora não estou entendendo.
__O que fale o que aconteceu?
__Hoje a noite agora pouco eu e uma linda garota fomos ficar lá dentro da escola.
__O que? o que você foi fazer na escola e com uma garota, quem é essa garota?_Interrompeu ele surpreso.
__É a Sarah, ela e eu íamos ficar finalmente eu ia dar meu primeiro beijo, mais daí quando eu entrei dentro da escola tínhamos marcado lá na biblioteca ,e não tinha visto ela.
__E ai o que ouve depois?
__Bom ai vi que ela tinha meda do um bolo e fui à direção ao banheiro masculino, quando entro lá vi na parede o seu nome lá escrito com sangue.
Bobby ficou todo arrepiado sem entender nada, mais Cindy estava entendendo tudo ela ouvia a conversa dos dois.
__Essa não os Grilis descobrirão o escolhido, Mavereck já sabe da existência de Bobby. _Disse ela cochichando escondida dentro da mochila.
__Você ouviu isso?_Perguntou Derek.
__Ouviu o que?_Perguntou preocupado olhando para a mochila torcendo que Cindy ficasse quieta.
__Nada esquece.
__Tem certeza que era meu nome e com sangue na parede?
__Sim amigo tenho amanhã eu irei te mostrar, agora tenho que ir ta ficando tarde minha mãe deve estar preocupada.
Bobby se despediu do amigo o vendo tomar velocidade com a bicicleta, sumindo pela calçada no escuro, ele fechou a porta deu boa noite para mãe e subiu as escadas indo direto para o quarto,quando abriu a porta viu Cindy voando se esconder debaixo da cama,quando viu que era Bobby ficou aliviada.
__Estou preocupada com você Bobby, aquilo que seu amigo lhe disse sobre seu nome escrito de sangue na parede do banheiro, é muito serio e eu sei quem fez aquilo. _Disse ela voando pelo quarto inteiro.
__Quem foi Cindy? _Perguntou ele puxando a perna de Cindy em direção a ele.
__Foi os Grilis, eu tenho certeza que foram eles amando de Mavereck.
__Mais por que eles fizeram isso?
__Porque Mavereck sabe que o escolhido esta a caminho de Narak.
__O escolhido que sou eu. _Disse pensativo. _Por que eu sou o escolhido?
__Na hora certa você saberá. _Falou indo em direção a janela que estava aberta e ficou olhando para as estrelas do céu.
__Não fique ai na janela alguém pode ti ver.
__Queria ver as estrelas, elas são lindas.
__Em Narak não tem estrelas?
__Sim tem mais nem sempre elas aparecem.
__Por quê?
__Mavereck não gosta delas então quando ele aparece, elas se escondem. _Disse saindo da janela e indo deitar sobre a cama macia de Bobby.
Bobby sem jeito não achou uma boa idéia uma metade gata mulher com asas deitar junto dele, então ele pegou um colchão e colocou no chão para ele dormir.
__O que esta fazendo?_Perguntou ela inocentemente.
__Vou dormir aqui.
__Porque não quer dormir aqui comigo?Não vou fazer nada ficarei no tamanho de uma ratinha.
__Não quero esmagá-la com o meu peso, é melhor eu dormir aqui.
__Não eu vou dormir ali em cima do seu armário de frente com a janela, assim fico olhando as estrelas, é melhor assim sua mãe pode entrar aqui e ver este como se chama esse objeto?_Perguntou ela analisando o colchão estendido no chão.
__Colchão se chama colchão, você tem razão minha mãe pode entrar e perceber olha tenho essa pequena caixinha onde guardo minha coleção de bolinhas de gude, você pode dormir aqui, colocarei um lenço limpo e um pequeno travesseiro para se sentir confortável.
Bobby terminou de arrumar a pequena cama de Cindy, e ela voou até a caminha olhando para as estrelas, já Bobby vestido com seu pijama pegara um lençol e se cobre com ele deitando na cama, antes que ele fechasse os olhos ele ficou olhando para Cindy que ficou admirando as estrelas, ele não agüentando o sono acabou adormecendo.
   
LucianaMMiyagi
Enviado por LucianaMMiyagi em 07/11/2007
Código do texto: T727694

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LucianaMMiyagi
Taguaí - São Paulo - Brasil, 33 anos
31 textos (1714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 17:11)
LucianaMMiyagi