Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração de amor

Antes de me conhecer... pergunte-me como vou...
É sempre assim ante as maiores tormentas...
Traços leves, olhos finos... boca sorridente... dentes
E como as ondas do mar indo e vindo... o destino cruzou-nos

A carta interminável do poeta a sua amada foi escrita com seus cabelos...
Nesses pincéis intocados pela morte escoa a vontade de te olhar de novo
E eu comecei a lhe falar coisas bonitas... como alguém interesseiro...
E de hospede na sua tenda virtual criei laços ternos...

E de um nome eu escolhi Carla pra declarar meus afetos
E delegei a ela dois ou três arcanjos protetores...
Quem sou eu pra listar suas qualidades...
Não conheço tantos adjetivos assim... nem quero...

Apenas saiba que não há nada que descreva uma declaração de amor
Nem a própria declaração é capaz de passar tudo que quero
Nem a própria noção é capaz de medir tudo que sinto
Nem tudo de belo que pudesse aprender pra lhe dizer depois
Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 03/12/2007
Código do texto: T762897
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 17:43)
Darlan Santana