Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POIS É...

POIS É...
Lílian Maial



Pois é...
Então é assim que vamos ficar
Eu aqui com esse amor, que não sabe agredir
E você sem razão e querendo brigar?
Pois é... querendo brigar...



Pois é...
Pra onde foi a paixão, a razão de viver
O que era tão lindo, tão gostoso de ter
É agora uma data num tempo qualquer?
Pois é... num tempo qualquer...


Pois é...
Onde está a magia, a procura do outro
Se o amor é um fardo, a paixão um engodo
Onde fico no jogo sem regra ou fiscal?


Pois é...
Prometer é tão fácil, enganar é brinquedo
Pra quem vive sem sonhos e fugindo de medo
De entregar-se ao amor e querer ser feliz.


Afinal, tudo isso nos leva pra onde?
Se cansou da verdade ou finge que é forte?
Se ainda sente saudade, vai, liga pra mim.



Rio, 03/07/00.




Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 13/03/2006
Código do texto: T122602

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248652 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:36)
Lílian Maial

Site do Escritor