Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decadência

-(Declamado)-
Medo!
Toma conta da minha mente
Sinto o peso da escuridão
Cerrando as cortinas, nublando minha visão
Tento gritar, tento escapar
Nada!
Talvez seja tarde demais
Amanhã pode não ser outro dia

-(Cantado)-
Eu sinto todo o mundo
Se desfazendo ao meu redor
Agora é muito tarde
Para evitar a escuridão
Tomando conta
Causando esta extrema dor
Nada mais me resta agora
Só esperar o meu destino

Tudo o que eu sonhava
Está perdido na ironia da vida
O que era divertido
É a razão do meu tormento
Me sinto sozinho
E toda a fúria não me serve pra nada
Eu vejo o mundo ao meu redor
Muito próximo, distante

Sinto a minha mente
Penetrando na escuridão
Não sinto mais meu corpo
Minha vida toda se acabando
Não posso mais voltar
O medo já se foi
Só sinto desespero
Sem forças pra gritar!
Clineu Neto
Enviado por Clineu Neto em 27/03/2006
Código do texto: T129173
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clineu Neto
Cotia - São Paulo - Brasil, 38 anos
13 textos (1760 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:27)
Clineu Neto