Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENLUARADA

Lua, seu luar
Me faz lembrar
Alguém que fez
Meus olhos chorar

Me disse adeus
Numa noite enluarada
Saudades deixou
Nunca mais voltou

És um vulto no luar
Já distante a caminhar
De uma sombra que ficou
De uma luz que se apagou

Os teus olhos têm meus olhos
Sem os teus não tenho os meus
Tua boca tem meus beijos
Mas não tenho os beijos teus.

Lua, entre as nuvens
A pratear
Diga se ela vem
Ou vai ficar

Contar eu vou
Outras noites de luar
Até um dia
Meu amor voltar

És um vulto no luar...

----------

Ritmo jovem
Arranjos: Maestro Melk Carvalhedo
Interpretes: Alvaro& Almir
Júlio Sampietro
Enviado por Júlio Sampietro em 07/04/2006
Código do texto: T135061
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júlio Sampietro
Curitiba - Paraná - Brasil, 73 anos
52 textos (8816 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:39)
Júlio Sampietro