Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hora marcada

Quem tem hora marcada
Não dá mole não

Ontem cheguei lá no morro
Que há dentro da gente
Sabe como é
Tomei birita com os amigos
Cheguei que nem acredito
E troca de bala com a mulher
Troca de bala

Ontem cheguei lá no morro
Que há dentro da gente
Sabe como é
Os olhos se esbugalharam
Os dentes trincaram na gota
A faca de pão do café
A faca de pão

Esse é meu corpo
Espesso o sangue escorria
Esse é meu corpo
Espesso o sangue escorria
Esse é meu corpo

Cadê você, mulher
Cadê você?
Cadê você, mulher
Cadê você?
Cadê você, mulher

Quem tem hora marcada
Não dá mole não
Na vida não dá mancada
Jefferson Moraes
Enviado por Jefferson Moraes em 09/04/2006
Código do texto: T136361
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jefferson Moraes
João Pessoa - Paraíba - Brasil
20 textos (805 leituras)
2 áudios (259 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:08)
Jefferson Moraes