Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia a Dia

Vida sem objetivos
Poemas escritos
Parentes feridos
Sem muitos motivos
Pra sorrir

Homens falidos
Mulheres metidas
Sem saídas
Pra chorar

E quando o fim chegar
Recordarei
Tudo o que quiz e sonhei
E você me fez apagar

Corações mutilados
Rostos marcados
Olhos encharcados
Sem uma lágrima derramar

Indecentes
Inocentes
Incoerentes
Soldados da dor
Fazendo chorar
Gritar
Berrar
A mulher sem seu amor...

Mas quando o fim chegar
Recordarei
Tudo o que quis e sonhei
E você me fez apagar



____________________________________________________________
Essa música foi feita para o dia a dia mesmo,pois é o que acontece na realidade em muitos lugares.
Plague
Enviado por Plague em 19/05/2006
Reeditado em 16/07/2006
Código do texto: T159079
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Plague
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 27 anos
13 textos (1082 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:17)
Plague