Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma no ar

SÃO QUASE CINCO DA MANHÃ
OS POSTES FICANDO PRA TRAS
COMO A NOITE QUE SE ESVAI
UM POR DO SOL PRA ALCANÇAR
A VIDA INTEIRA PRA ESQUECER
DUAS PALAVRAS, NUNCA MAIS
LIMITE ATÉ ONDE DEUS QUISER
IR ATÉ ONDE QUER QUE VÁ
DEIXAR O DESTINO CONDUZIR
FERIR COM A BRISA O MEU OLHAR
DE COMBUSTÍVEL, SOLIDÃO
ENCHER O VAGO QUE HÁ EM MIM
ESTRONDO DE TROVÃO
UMA ALMA NO AR
A VIDA ENTRE AS MÃOS
E SONHOS JÁ NÃO HÁ.
HISTÓRIA CONTADA A DOIS
EM QUE, UM NÃO PODE FALAR,
MÁQUINA SEM EMOÇÕES
CANTANDO SOBRE UM NEGRO MANTO
UM CORAÇÃO ACELERADO
NO ESCURO, OLHOS DE FARÓIS
TANTOS MOTIVOS SEM RAZÕES
QUE QUASE NÃO ME LEMBRO MAIS
E NENHUM TEMPO A PERDER
SEM SABER ONDE E COMO CHEGAR
SEM TER MAIS O QUE PENSAR
SEM TER DO QUE SE ARREPENDER
betobento
Enviado por betobento em 02/06/2006
Código do texto: T168225

Áudio
Alma no ar - betobento
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
betobento
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 44 anos
17 textos (1061 leituras)
6 áudios (358 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:19)
betobento