Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NINGUÉM EM CASA - PINK FLOYD

(Tradução-versão de "Nobody Home" do Pink Floyd)

eu tenho um pequeno livro preto
com meus poemas dentro
eu tenho uma bolsa com uma escova de dente
e um pente
quando eu era um bom cãozinho eles às vezes jogavam-me um osso

eu tenho cadarços elásticos
prendendo os sapatos
eu tenho nas mãos um inchaço cansado
tenho treze canais de merda pra ver na tv

eu tenho luzes elétricas
eu tenho visões secretas
tenho incríveis poderes de observação
e é dessa forma que sei

quando eu tento ultrapassar
o telefone e te encontrar
não, não há ninguém em casa

eu tenho as guitarras de hendrix na mente
inevitáveis covis de serpentes
tudo diante da minha camisa de seda

eu tenho manchas de nicotina nos dedos
eu tenho um pingente de prata
e mais
tenho um grande piano pra escorar meus restos mortais

eu tenho olhos ariscos selvagens
de voar tenho urgentes vontades
mas não tenho pr'onde voar...

oh baby
tomo o telefone e nada
não, não há ninguém em casa

eu tenho um par de botinas enxutas
eu tenho raízes murchas



- pode parecer estranho porque não coloco as letras originais em minhas traduções, mas é que penso que uma tradução, de forma a ser uma versão para a língua do versador, deve bastar-se por si própria, dando sentido em si, sem melindres... o interessado buscará o original  
andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 26/06/2006
Código do texto: T182600
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
288 textos (45251 leituras)
17 áudios (887 audições)
14 e-livros (768 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:13)
andré boniatti