Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Herói Sem Resistência

Não me importa teu caminho
Enquanto estou tranqüilo
Figuras distorcidas em pedaços de vidro
É melhor admitir que está sozinho
Eu não posso mais ver o jarro cinza
Me assalta um estranho desatino

É complicado andar descalço
Não tem ninguém pra aquecer meus pés
P'rá todo mundo estou solitário
Como a canção de outra vez

A porta cerra um estranho no ninho
Eu me concentro em copos quebrados
As vestes estão sujas de mentiras
Mesmo assim eu desejo
Ter o meu próprio brinquedo
Enquanto houver sentimento

É complicado andar descalço
Não tem ninguém pra aquecer meus pés
P'rá todo mundo estou solitário
Como a canção de outra vez

E se eu andar despreocupado na noite
Irei suportar tudo
Até você resolver voltar...
Humberto Amorim
Enviado por Humberto Amorim em 14/07/2006
Código do texto: T193984

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Humberto Amorim
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
55 textos (1923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:55)
Humberto Amorim