Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amores de Plástico



Num momento tudo é furacão, uma explosão de emoção
E mesmo que não seja real faz bem ao coração.
É um amor eterno, é a cara metade
É tudo que você sonhou, tudo o que sempre buscou.
Mas faz bem ao coração mesmo que seja só falsidade.


Olha pra você, dizer eu te amo já virou rotina
Apenas uma frase  corriqueira,
E pra quem passar pelo teu caminho você diz que se confundir é sua sina.
E assim teu sentimento não se acaba, ele não se recicla, já que nunca se gasta.
São teus amores de plástico, são descartáveis e inquebráveis.


A tua estrada é longa, o teu caminho é cheio de bifurcações
Quem estiver por perto que cuide dos seus corações.
A tua vida é pura adrenalina, o amor corre pelas tuas veias
E pra quem quiser ficar mais perto, você declara amor pra vida inteira.


Mas olha pra você, dizer eu te amo já virou rotina
Apenas uma frase corriqueira já que se confundir é sua sina.
No teu discurso tudo é sempre igual seja pra Bete ou pra Carolina
É só mais um amor de plástico que vai durar pra toda  vida.
Fi
Enviado por Fi em 16/09/2006
Código do texto: T241773
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fi
São Paulo - São Paulo - Brasil
36 textos (2101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:20)
Fi