Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mesmo de sempre

Todos dizem as mesmas coisas
As letras de hoje não me surpreendem mais
Os meus ídolos são os mesmos
A minha night e a mesma night de sempre
Nada muda

As minhas ideias não mudaram
Meus problemas também não
As pessoas são sempre as mesmas
Tão desiguais e individuais

As folhas secas sempre secas
O céu azul sempre azul

Nada muda nada se cria
Agora como antes. Tudo se copia
E mais cómodo e confortável
Cria o que já existe

E o mundo sempre o mesmo
Com suas guerras sem propósitos
E seus problemas sem solução

Mas uma vez tudo se repete
O que era igual agora esta mais igual ainda

E o futuro ta tão igual ao passado
Jean Brito
Enviado por Jean Brito em 19/09/2006
Reeditado em 10/06/2007
Código do texto: T244321

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Brito
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
6 textos (1353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:37)
Jean Brito