Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo flui

"Tudo flui, nada persiste nem permanece o mesmo"
Heráclito de Éfeso (540-475 a.C.)

Lembra que a gente de repente tava ali na beira do rio?
O frio deu uma trégua e disse sorrindo: "Deixa esses menino brincá!"
Sabe quando dá saudade do que você ainda tem?
O avião tá esperando mas eu vou mandando um sambinha pra quem tem...

aah coração pra entender que, como dizia o poeta,
a distância não existe pra quem sabe navegar.

No céu a lua, as estrelas, o alívio de cantar;
os copos sobre a mesa, os sorrisos no olhar.
Cada lembrança é uma fruta colhida no pomar
e eu vou mandando um sambinha pra quem sabe navegar. Porque...

aah coração... como dizia o poeta,
a distância não existe pra quem sabe navegar.

aah panta rei... o sabio dizia que
as águas de ontem não voltam amanhã,
mas eu vou remando e de mansinho
vou chegando na beira do mesmo rio

quem sabe... na beira do mesmo rio
e quem sabe a gente não se encontra no mar
ou quem sabe... a gente não vai junto pro mar.
Luiz Eleno
Enviado por Luiz Eleno em 09/10/2006
Código do texto: T259890
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Eleno
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
3 textos (64 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:21)
Luiz Eleno