Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se for, que seja.

Se me for possível entristecer
Amor, não deixe isto acontecer
E se uma lágrima ameaçar descer
Amor, garante que não vai acontecer
Se eu ficar sozinho algum dia
Amor, me prive da tua saudade
Que tua companhia é minha felicidade

Se for, que sejam, oh, pequenas coisas
Se for, que seja, oh, noutra hora
Se for, que seja depois
Pois estou com você, meu amor, agora
E só tenho hora pra nós dois

Se for que seja pra eu estar abraçado
Meus dedos naqueles cabelos dourados
E meu pensamento ali
Se for,que seja, mas não seja aqui
Se for que seja, mas não seja agora
Se for que seja, a sua partida nunca!
Amor, nunca vá embora.

Fique mais um pouco
Peço ao dia mais uns minutos pra nós
Se for que seja, que estejamos a sós
Se for que seja, nós sejamos namorados
Se for que seja, estaremos mais apaixonados
Se for que seja, pra eu beijar teus lábios rosados

Se me for possível negar tudo
E dizer que nós é que giramos em volta do mundo
Não mentirei, pois isso não é verdade
Somos reis de onde somos vassalos
Pois, antes os piões que os cavalos
Ao sonho, a realidade
Se for, que seja, que seja verdade.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 24/10/2006
Código do texto: T272447

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:00)
Andrié Silva