Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM CADARÇO DE ILUSÃO

A tarde foi tão linda
Você me fez tão bem
Não sei se penso ainda
A dor que desfez
Agora esse canto torto canto meu
O nosso amor foi a melhor coisa do mundo
Eu não entendo, mas eu não nego:
Você feliz me faz feliz do mesmo modo,
Se quando eu caio nos teus delírios
Em tua boca encontro um porto pra viver,
Você: “não, ah, não sei!”
Não tem certeza o que falar de nós,
Juro que não sei bem certo,
O que eu sei é que me trouxe muito amor,
E me fez com que eu fosse o teu senhor,
Um senhor de tantos mares,
Um senhor de tantos ares,
Um cadarço de ilusão.
Rodrigo Messias Cordeiro
Enviado por Rodrigo Messias Cordeiro em 08/11/2006
Código do texto: T285249

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Por R. Messias Cordeiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Messias Cordeiro
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 33 anos
276 textos (13664 leituras)
9 áudios (1184 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:23)
Rodrigo Messias Cordeiro