Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACHO QUE PASSOU DA HORA


PERCEBI ALGO DE ESTRANHO NA SUA VOZ
PRA FALAR A VERDADE O QUE MAIS ME CORRÓI
É DESCOBRIR QUE TUDO NÃO PASSOU DE ILUSÃO
NÃO VENHA ME DIZER QUE A VIDA É ASSIM
APESAR DE FORTE MEU CORAÇÃO NÃO É DE MARFIM
E EU NÃO PERCO MEU TEMPO PROCURANDO UMA RAZÃO

POIS QUANDO EU ESTAVA AO SEU LADO
ESQUECIA DO PASSADO
MINHA DOCE FANTASIA
AGORA MINHA MENTE ESTÁ CONFUSA
VOCÊ USA E ME ABUSA
ME ROUBANDO A ALEGRIA

ATÉ PENSEI QUE FOSSE BRINCADEIRA
MAS VOCÊ DISSE NÃO
LEVANTEI E COLOQUEI NA GELADEIRA
O QUE RESTOU DO MEU CORAÇÃO

DECIDI QUE NESSA VIDA
NINGUÉM MAIS VAI ME FAZER CHORAR
POIS QUEM SAMBA SEUS MALES ESPANTA
E HOJE EU SÓ QUERO SAMBAR

E PODE LEVAR A TRISTEZA
QUANDO VOCÊ FOR EMBORA
QUERO SER FELIZ
E ACHO QUE PASSOU DA HORA

SE VOCÊ PENSOU
QUE EU NÃO IA REAGIR
E PRA VOCÊ NÃO ESQUECER
EU VOU REPETIR

Cláudio Oiticica
Enviado por Cláudio Oiticica em 23/11/2006
Código do texto: T299201
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Oiticica
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
17 textos (434 leituras)
5 áudios (951 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:35)
Cláudio Oiticica