Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CANTO DA CHUVA

Sete da noite
na chuva rala
o guarda-chuva
é um abrigo

Se logo depois
a chuva para
o guarda-chuva
não pode abrigar

Eu que pensava
que essa chuva
de leve que era
podia durar

Eu nem lembrava
que é chuva breve
arauto de lua
aroma do ar

Se vem a chuva
ouço a melodia
que me silencia
e me ensina a cantar

De guarda-chuva
na rua vazia
Tristeza e alegria
Assim aprendo a caminhar
Gleyson Faial
Enviado por Gleyson Faial em 27/11/2006
Reeditado em 29/11/2016
Código do texto: T302430
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gleyson Faial
Parauapebas - Pará - Brasil
58 textos (2854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:48)
Gleyson Faial