Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É, eu falei das flores(obs:paródia da música,pra não dizer que não falei das flores de Geraldo Vandré)

Um dia eu ouvi uma linda canção
Que falava das flores
Do amor,da razão
Que falava da guerra
Da flor e o canhão
Que me ensinou uma bela,e valiosa lição

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer


Acabada a guerra
Vivemos em prisões
Nossas casas e prédios
Hotéis e mansões
De que vale a riqueza
Sem se libertar
Do ódio e da fúria
Que quer nos matar

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer

Hoje em dia lutamos
Numa guerra em vão
Numa guerra perdida
Sem nenhum campeão

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer



Um dia eu ouvi uma linda canção
Que falava das flores
Do amor,da razão
Que falava da guerra
Da flor e o canhão
Que me ensinou uma bela,e valiosa lição


Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer

Não nunca desista
Sem tentar não vai saber
A esperança é eterna
Essa nunca vai morrer
Archangelus
Enviado por Archangelus em 02/01/2007
Código do texto: T334274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Archangelus
Salvador - Bahia - Brasil, 22 anos
144 textos (5510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 16:35)
Archangelus



Rádio Poética