Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Força Estranha.

     

         A Força Estranha.

    Eu tenho um sonho
    Uma força em mim
    Eu me proponho
    Á encotro-lo até o fim.

        Eu sou tão jovem
        Nada me impede de caminhar
        Não espero ninguem
        Quando quero, vou buscar.

             Há uma força estranha
             Que não me deixa parar
             Ela penetra nas entranhas
             Ela está em qualquer lugar.

             Ah! Esta força é o lugar
             É o que você quiser
             Deixe ela te mostrar
             A vida como ela é.

             Refrao/bis:
        Vem lá dos céus
        Arranque os véus
        E veja como é lindo!
          Vem lá dos céus
          Deixe ela te encontar
          Ela está vindo!

    Ridículo são talvez as deixas
    É esperar de um alguém
    E ver aqui as suas queixas
    De quem sempre ás tem.

        Simplesmente não vai, não sai
        Espera vir de outro mundo, de lá
        Causas do comodismo, não mais
        Ceifando nos cultos como num sabá.

               Há uma força estranha
               Que não me deixa parar
               Ele penetra nas entranhas
               Está em qualquer lugar.

               Ah! Esta força é o lugar
               É o que você quiser
               Deixe ela te mostrar
               A vida como ela é.


                    Refrão/bis:
              Vem lá do céus
              Arranque os véus
              E veja como é lindo!
          Vem lá dos céus
          Deixe ela te encontrar
          Ela está vindo!



Repete-se o refrão.

Solos de guitarra.






O Fruto O Fruto
Enviado por O Fruto O Fruto em 06/09/2007
Código do texto: T641908
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Fruto O Fruto
Londrina - Paraná - Brasil, 52 anos
3 textos (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:14)