Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades

SAUDADES
25/06/2001- Elias João Elias Dib

NÃO,
NÃO ME DEIXES AQUI SOZINHO,
VOCE ENTROU NO MEU CAMINHO,
INVADIU MEU CORAÇÃO.

NÃO,
NÃO TENTE SE APROXIMAR,
DEIXE VIVER A MINHA VIDA,
POIS, É SÓ ASSIM QUE SEI AMAR.

VOCE ME MALTRATOU DEMAIS,
QUANDO ME ABANDONOU,
E FOI TÃO VORAZ,
QUE ATÉ ME MACHUCOU.

QUERIA SER FORTE  NESTA HORA,
QUANDO TUDO PARECE PERDIDO,
MAS, NÃO É SÓ ISSO VOCE VAI EMBORA.

É QUANDO A NOITE CAI,
E COMEÇA A AURORA,
A SAUDADE  VAI,(vem)
E TUDO COMEÇA LÁ FORA.

MEU SENTIMENTO,
PARECE NUNCA SUMIR,
QUANDO PENSO EM VOCE,
E SINTO QUE NÃO VOU RESISTIR.

AÍ O PEITO APERTA,
COMEÇO A CHORAR,
A CHORAR A CHORAR.
eliasjoao
Enviado por eliasjoao em 19/09/2007
Código do texto: T659017
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
eliasjoao
Palmas - Tocantins - Brasil
534 textos (45410 leituras)
5 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:34)
eliasjoao