Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA ALIADO DO SISTEMA É LÁPIDE COM AQUI JÁZ

 REFRÃO (2)

    NÃO QUERO VER SEU SANGUE LAVANDO O ROSTO
  NEM SEU CORPO PELA MÃO DO PORCO DESOVADO NO ESGOTO
 APESAR DA PANELA VAZIA FAZER VOCÊ JOGAR OLIO NA ESTRADA
O DONO DO MERCADOLACRA O SEU CAIXÃO POR TENTAR ROUBAR A CARGA

  OS BURGUÊS FEIXA O VIDRO DA MERCEDES DEPOIS QUE COSPE NO PIVETE QUE PEDE TROCADO
 DEPOIS É CAMPANHA CONTRA A VIOLÊNCIA PORQUE O FILHO FOI ASSACINADO
 E MESMO SABENDO QUE É SEM SUCESSO ROUBAR A LOTECA SE LEVANTAR COMPRAR UM QUILO DE COCA PRA REVENDER
 SUA COR NÃO É PRA RICO DO MORRO NÃO VAI PODER DESCER

 NESSE PAÍS A MÃE CHORA SE VAI PRO CRIME E NÃO PRO PARTIDO
ROBAR A NAÇÃO MORRER BONITO
 AI EU TE PERGUNTO QUAL DOS DOIS LADOS TEM MAIS BANDIDO
SEI LA EU SONHO UM DIA AINDA A PIVETADA SER DO PODER PARALELO ALIADO
NÃO EM UMA MERDA DE CELA COM O PRETESTO DE SER REGENERADO

MAIS VAL AQUI NA ESCOLA DO CRIME O PASSAPORTE PARA SER DECAPITADO ONTEM A NOITEVALEU ENQUANTO O TRAFICO ROLAVA NA QUEBRADA
OS MULEQUE MAIS NOVO PELE E OSSO JÁ SE VE EM UM CAIXÃO
QUEM TEM SETE DE IDADE SABE QUE NO CRIME É LEI DO CÃO

E TEM POLICIA E TEM BANDIDO
QUE DA FACADA TROCA TIRO
BANDIDO COM ÉTICA CONHEÇO UNS TRÊS SÓ ALEGRIA MERLA FARINHA
JÁ POLICIA É PIOR QUE VADIA ARMANDO CASINHA

''E AI AMIZADE DECHA EU VER AI 100 G, DE PRETO.''

É FRIA DOS VERME,
CARALHO TA DESFARÇADO RANCA A EPIDERME
ENVEZ DE DINHEIROGANHOU FOI TIRO FOI JORNAL NA CARA
SEMSALVA NO ENTERRO MÉRITO NO CORTEJO OU VELORIO NA SALA

NO DP UMA FILA DE 15 APONTA PRA VOCÊ
TESTEMUNHAS SÓ INIMIGOS VÃO SORRIR NO TRIBUNAL QUANDO O JUIZ BATER O MARTELO E MANDAR SE FUDÊ

 REFRÃO (2): MENTE DEMONIACA AÇÃO TERRORISTA
                  PRA CHAGAS ABERTA DO SISTEMA CAPITALISTA
                  AQUI NÃO EXISTE PAZ
                  PODER PARALELO CORRE ATRÁS
                  PARA ALIADO DO SISTEMA É LÁPIDE COM AQUI JÁZ

NÃO QUERO VOCÊ SENDO OUTRO NA PLASE PRETA
INDO PRO TERRENO BAUDIO CONHECER O CAPETA
FARDADO QUE PARA MATAR FOI TREINADO
LIGA A CHUPETA NA BATERIA MOLHA ELE E ELETROCUTA.
RANCA AS UNHAS A CONFISSÃO DESSE FILHO DA PUTA

ATÉ MEU CHARME FOI SEM AMOR QUE ESCREVI
MAIS NÃO ESTOU A VENDA COMO MUITOS POR AQUI
O SISTEMA NÃO VAI FAZER DE MIM MASSA DE MANOBRA
NA CAPA ALGEMADO COM GAMBÉ ENFORCANDO QUEBRANDO O MEU BRAÇO
TIRA O CHAPEU MADAME QUE SUA TERCEIRA PONTE SUPRFATURADA SÓ VAI UNIR SEU PRECONCEITO AO FIESTA PARADO SENDO ROUBADO E VOCÊ NO PORTA MALAS DECAPITADA

AQUI AQUI PODER PARALELO EM ÓDIO LAPIDADO PREPARADO PARA MATAR
A VERDADE AQUI É FODA EU NÃO POSSO ALIVIAR
EU VOU DIZER EU VOU FALAR A MINHA VÓZ O SISTEMA NÃO VAI CALAR
TEM POBRE SE MATANDO, VARIOS IRMÃOS NO CRIME SE AFUNDANDO
E OS FILHOS DA PUTA NO PODER NÃO ESTÃO SE IMPORTANDO
SÓ PARAM PRA PENSAR QUANDO SENTE O GOSTO DO SANGUE NA GARGANTA, COM POBRE DANDO FACADA BUSCANDO A SUA JANTA.

O ANO É 2007 VEJO VARIOS PIVETE, SAINDO DA ESCOLA VENDENDO PÓ, FUMANDO BECK
MQIS UM QUE VAI MORRER, SISTEMA MANDA MATAR,
QUEM É DA OPOSIÇÃO, QUEM QUER SE LIBERTAR
EU SOU QUEM SOU E NINGUEM VAI ME MUDAR
TODOS QUEREM QUE VOCÊ ACEITE, MAS NÃO QUEREM TE ACEITAR

  REFRÃO:(2)




                   



DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 23/09/2007
Código do texto: T664824

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11169 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:50)
DIEGO HUXLEY