Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Verdadeira Fé

Com a mão calejada,
O corpo cansado, suado.
João carpia.
Carpia a terra árida, sem vida.
E João sabia!
Não daria frutos
Às sementes que plantaria.
Mas, mesmo assim João carpia.
Olhava o céu à procura de chuva!
E nem nuvens havia.
E João carpia.
Seus pés sangravam, as mãos doíam.
E João carpia...
Tendo no coração a fé,
Sua grande guia.
Que à chuva viria aguar as sementes.
Aquelas que lhe alimentariam.
E João esperou...
Esperou...
Mas a chuva não veio!
O tempo passou...
João morreu...
Morreu e deixou a semente.
O fruto do seu amor!
Para carpir a terra árida que lhe negou
O fruto das sementes que plantou.
Com a certeza que ela vingaria.
E João lá do céu sorriria!
Olhando o fruto da semente do amor,
Que plantou enquanto vivia!
Colher os frutos...
Que sonhou colher um dia...

Luiz Carlos

lucaroca
Enviado por lucaroca em 30/09/2007
Reeditado em 17/01/2008
Código do texto: T674697
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucaroca
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
241 textos (35367 leituras)
13 áudios (3846 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:13)
lucaroca