Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

recíproca

Todo aquele ódio que cuspi na tua cara
Nunca revelou nenhuma palavra
Do que eu tô sentindo aqui.

Tudo vai se remoendo com o tempo,
Mas tá tudo indo depressa demais.
Tente me tirar desse lado sóbrio que há em mim.

Eu sempre fui assim, você nunca me conheceu.
Tudo o que você já escutou até aqui nunca doeu.
Você mais do que ninguém sabe do que aconteceu.

Não tente fingir, me culpando sempre por tudo.
Só por eu nunca aprender com nada, mas nem sempre foi desse jeito.
Mas um dia, tudo volta aos eixos.

Eu nunca fui assim, você sempre me conheceu.
Todo o ódio sempre existiu, mas eu sempre guardava.
A culpa não é só minha...

A solução se perdeu,
Você nunca me deu outra opção
Por achar que estava com  razão.
Mariana Matos
Enviado por Mariana Matos em 30/10/2007
Código do texto: T716684

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariana Matos
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
57 textos (1928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:26)
Mariana Matos