Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem não vem

Todos deixaram suas janelas abertas,
Mas o vento não sopra, o vento não sopra.

As estrelas, esta noite se esconderam.
mas a chuva não vem, a chuva não vem.

As nuvens estão túrgidas, grávidas de água.
Mas a chuva não cai, a chuva não cai.

Criei asas em minhas escapulas.
Mas não pude voar, não pude voar.

Entreguei-lhe meu coração sorridente de amor.
Mas, dele você zombou, dele você zombou.

Devolveu-me um coração roto de dor.
Pus-me a chorar, pus-me a chorar.

E a pipa do vovo?
Não sobe mais. Ela não sobe mais...

Fernanda Reis
Enviado por Fernanda Reis em 31/10/2007
Código do texto: T717386

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Reis
São Carlos - São Paulo - Brasil, 31 anos
132 textos (4436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:47)
Fernanda Reis