Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“ANJOS DA GUARDA”

Vão saindo anjos pela chaminé,
Da  Minha casa,
São seres estranhos é claro,
Que tem asas...

Livram o meu coração,
De grandes ciladas,
Estes monges tem rotinas,
Iluminadas

Me olham e não dizem nada,
A perfeição na forma errada,
Lembranças de quase nada,
Do que foi feito por nós,
Feito,
Por nós....

Estes anjos vão as céu,
Em um segundo,
Levam todos dissabores,
As dores do mundo,
Clareando o segredo,
As coisas que sinto,
Descobrindo os mistérios,
Destes labirintos.

Me olham e não dizem nada,
A perfeição na forma errada,
Lembranças de quase nada,
Do que foi feito por nós,
Feito,
Por nós....

(nando muller)
NANDO MULLER
Enviado por NANDO MULLER em 03/11/2007
Código do texto: T721839
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NANDO MULLER
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 55 anos
3 textos (108 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:53)
NANDO MULLER