Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Triste

Tenho uma dor
Que ninguém vê
Escondo o meu sorriso
Até diante de você.

Meu sonho morre
Junto com a beleza da partida
Tenho a solidão como minha melhor amiga
E o sofrimento como uma mãe querida.

Delírios sufocantes
Em cada palavra maldita
Nos atos que lutei contra o silêncio
E nas oportunidades perdidas

Tantos poemas que fiz
E poucos foram os que entenderam
Meus pensamentos todos descritos
Pelos sonhos que em mim já morreram

Palavras bonitas pra que?
Se vivemos um câncer sem cura
Se sofrer é o que vem de melhor
No meu peito que só tem ternura

Deixo a vocês minha pena
Minhas lágrimas e os meus poemas
Meu diário de lutas traçadas
Contra a invencível tristeza

Terminei a minha missão
Escrevi minha última canção
E aqui se faz em pedaços
O pobre do meu coração

Eternamente Adeus!!!
Diego Alves da Silva e Fernando José Cantele
Enviado por Diego Alves da Silva e Fernando José Cantele em 12/11/2007
Código do texto: T733919

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Alves da Silva e Fernando José Cantele
Quitandinha - Paraná - Brasil, 33 anos
166 textos (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:08)
Diego Alves da Silva e Fernando José Cantele