Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas de Mulher...

De repente... Fica triste
Chora e não diz por que,
Não me olha, me resiste
E eu fico sem entender

Converso... Nao quer conversa
E eu fico com os meus botões
Pensando em quais as razoes
Que ela tem prá assim fazer...
Deve ser uma saudade?
Será que é desilusão?
Será que é felicidade
Transbordando em seu coração?
Será que é sofrimento?
Ou uma nova paixão?
Paro e penso um momento
E não encontro a razão..

Com uma dose de carinho
Na medida do seu ser
Vou abrindo de mansinho
Seu sorriso ate saber,
Que apenas não e nada
Que não ha razão sequer...
Aí entendo a jogada...
São coisas de mulher...
Poeta de Gravata
Enviado por Poeta de Gravata em 20/11/2007
Código do texto: T745321
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta de Gravata
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
25 textos (1305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 21:05)
Poeta de Gravata