Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sons de algum tempo

Os dias são frios e vazios
O sol não brilha nas manhãs
Não há estrelas em minha noite
Só vejo um grande relógio que parou

Ainda ouço sons de algum tempo
Talvez de um tempo que passou
Ou serão músicas de um futuro
Que o destino ainda vai trazer

Quando tudo parece cinza
E eu não vejo uma solução
Meu espírito ainda se anima
Ainda há fé, esperança e amor

Pois eu sei em quem tenho crido
E se levantará ao seu tempo
A estrela da manhã

Eu sei... Que o meu redentor vive
Sua luz brilhará no momento
Que o dia chegar...

Ainda ouço sons de algum tempo
Não é de um tempo que passou
Eu ouço músicas de um futuro
Que o destino ainda vai trazer
Éverton Vidal Azevedo
Enviado por Éverton Vidal Azevedo em 25/11/2007
Código do texto: T752350

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Éverton Vidal Azevedo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Éverton Vidal Azevedo
Bolívia, 34 anos
40 textos (2349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:08)
Éverton Vidal Azevedo