Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consciência Astral

Brilha para mim uma estrela solitária
Perdendo sua luz, vendo seus amigos estelares passar
Um novo eclipse me afeta com um zéfiro gelado
A lua branca respirando raios negros - orgulho do sol
Portais estelares agonizantes e luzes engolidas
Por imensos buracos negros e explosões cósmicas
Os sistemas criam a sua própria infinidade
Uma grande colisão espacial de galáxias
Da minha terra eu contemplo a minha consciência
Paralaxes criados por uma transcendência divina

Uma tempestade cristalina de meteoros
Que se incendeiam enquanto as naves espaciais viajam
Galáxias longínquas e a mitológica Via Láctea
Lar de astros infinitos que brilham sem parar
Cometas cavalgando e satélites pranteando
Olhos humanos podem ver o solstício do seu reino
Planetas girando nas suas órbitas imensas
Um antiga cena da vasta paisagem astral
Dê-me um desejo que me faça ver
O quão isto conseguiu permanecer para os meus olhos

Queime chama da consciência
Ilumine as velas de uma noite sem estrelas
Cresça e alcance o distante sol
Cruzando as ondas magnéticas
Além da distância sagrada
Espaço e tempo caminhando através
Da minha Consciência Astral
Palavras escritas que descrevem
Os segredos do Universo
Brilhem para sempre além dos anos-luz
Estrelas do vazio esplêndido
santoslopes
Enviado por santoslopes em 26/11/2007
Reeditado em 27/11/2007
Código do texto: T753504

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
santoslopes
Ananindeua - Pará - Brasil, 27 anos
5 textos (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:36)